Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.    

1 Coríntios 2:12-13 

O Espírito divino é quem nos auxilia na interpretação da Palavra de Deus. Podemos estudá-la exaustivamente dentro do conhecimento humano, porém sempre estaremos limitados pelo conhecimento (geográfico, histórico, político, social, etc) até aqui acumulado; enquanto nos deixando ser instruídos pelo Espírito do próprio Criador, iremos mais longe no entendimento da vontade de Deus, da sabedoria de Deus, pois as coisas de Deus se discernem na dimensão espiritual. Por isso Paulo diz que aqueles que são espirituais receberão a interpretação divina e entenderão melhor sobre todas as coisas que o Senhor tem para cada um que O busca.

Artigos Relacionados

A inspiração da Palavra II
  O Espírito do SENHOR falou por mim, e a sua palavra está na minha boca.     2 Samuel 23:2  INTRODUÇÃO    Alguns já afirmaram...
A inerrância bíblica, domingo
  A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.     Salmos 119:160  Percebemos neste vers...
A inspiração da Palavra II, sábado
  Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por...
A inspiração da Palavra II, sexta-feira
   "Toda a Escritura é divinamente inspirada..."    2 Timóteo 3:16b Em minha Bíblia, o capítulo 3 de Timóteo tem o título “O...