E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;    

João 14:16 

  O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.    

João 14:17 

Na perfeita sintonia que existe no Deus manifestado trinitariamente, a grande preocupação d’Ele no trecho bíblico de hoje é não nos deixar desprotegidos. Aqui, Jesus já faz sua despedida aos discípulos, mas deixa bastante claro que eles não ficarão órfãos, ou seja, desamparados. Jesus pede ao Pai que envie o Consolador. Há uma combinação das ações e embora às vezes achemos que o Espírito Santo simplesmente venha da parte de Deus, como um mensageiro ou uma força, devemos ter em mente que Ele é Deus, num modo de ação diferente do Pai e do Filho, mas com a mesma intenção de conduzir-nos pela senda da verdade e nos dar proteção nas lutas contra os poderes do mundo. Lembro de uma frase do hino “Desejo da Alma” (25 HCJ), “Vem! Reveste a tua igreja de poder e luz!”, pois sem esse revestimento do Espírito, nada faremos.

Artigos Relacionados

A palavra é luz
  Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.     Salmos 119:105  INTRODUÇÃO    Sempre quando estamos...
A palavra é luz, quinta-feira
  E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos.     Hebreus 1:10  Não havia matéria preexistente...
Reconhecimento da palavra de Deus
  Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.     Isaías 40:8 INTRODUÇÃO    Há um hino cuja...
Reconhecimento da palavra de Deus, sábado
  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espí...