36:30

Leituras:

 

  1. Salmos 27:9-14
  2. Ester 2:5-10
  3. Mateus 14:25-33

 

A providência divina está do lado dos que tem coragem. Deus age na vida daqueles que ousam que colocam o pé nas águas, que tocam com a vara nos mares. Deus esta do lado daqueles que enfrentam gigantes e desafiam as forças do mal...

 

Hoje pela manhã Deus restaurou o nosso otimismo baseado nas experiências de Davi. Dando continuidade a série de sermões, nesta noite será:

 

Deus, eu quero a minha coragem restaurada como a de Ester!

 

1. A coragem de Ester a fez usar de estratégia

 

Um dos enganos sobre a coragem é achar que ela significa a ausência de medo. Nunca foi, coragem é saber dominar os seus medos. Por isso que quando eu tenho a verdadeira coragem eu uso de estratégia.  Ester e Mardoqueu usaram de estratégia associada a sua coragem para vencer o tirano Hamã. Ester havia mantido segredo sobre seu povo e sobre a origem de sua família, conforme a ordem de Mardoqueu, pois continuava a seguir as instruções dele, como fazia quando ainda estava sob sua tutela (2:20). Nós vamos com cautela, observando cada passo. Eu tenho certeza de que você pode exercitar sua coragem usando de estratégia.

 

2. A coragem de Ester incentivou a submeter tudo a Deus

 

Alguém pode achar que ser corajoso (a) é agir pelos seus próprios impulsos... Ester foi muito corajosa, arriscou sua vida, deu de tudo, mas não sem colocar diante de Deus. Veja o que Ela fez: ”Vá reunir todos os Judeus que estão em Susã, e jejuem em meu favor. Não comam nem bebam durante três dias e três noites. Eu e minhas criadas jejuaremos como vocês” (4:16ª). A verdadeira coragem se esconde por detrás do poder de Deus.

 

3. A coragem de Ester influenciou a tomar decisões

 

Ë verdade, alguém que tem coragem, toma decisão. Quem tem coragem assume seus atos e dá passos decisivos.Um processo decisório envolve mais que uma palavra, ou um instante, ele é fruto de um processo. Ester viveu isso, Ela tomou a iniciativa, solicitou o jejum de 3 dias e assumiu que aquele era o papel dela, estar diante do rei...Ester assumiu até as ultimas conseqüências. Passo seguinte na tomada de decisão é o momento certo, nem antes nem depois, o tempo certo é sempre o tempo de Deus. “Depois disso irei ao rei, ainda que seja contra a lei. Se eu tiver que morrer, morrerei” (4:16b).

 

Deus, eu quero ser restaurado. Eu quero a minha coragem restaurada como a de Ester.

 

Ester 2:5-10:

5 Havia então um homem judeu na fortaleza de Susã, cujo nome era Mardoqueu, filho de Jair, filho de Simei, filho de Quis, homem benjamita, 6 Que fora transportado de Jerusalém, com os cativos que foram levados com Jeconias, rei de Judá, o qual transportara Nabucodonosor, rei de Babilônia. 7 Este criara a Hadassa (que é Ester, filha de seu tio), porque não tinha pai nem mãe; e era jovem bela de presença e formosa; e, morrendo seu pai e sua mãe, Mardoqueu a tomara por sua filha. 8 Sucedeu que, divulgando-se o mandado do rei e a sua lei, e ajuntando-se muitas moças na fortaleza de Susã, aos cuidados de Hegai, também levaram Ester à casa do rei, sob a custódia de Hegai, guarda das mulheres. 9 E a moça pareceu formosa aos seus olhos, e alcançou graça perante ele; por isso se apressou a dar-lhe os seus enfeites, e os seus quinhões, como também em lhe dar sete moças de respeito da casa do rei; e a fez passar com as suas moças ao melhor lugar da casa das mulheres. 10 Ester, porém, não declarou o seu povo e a sua parentela, porque Mardoqueu lhe tinha ordenado que o não declarasse.
Acessos: 6716