Pois nunca deixará de haver pobre na terra; pelo que te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra.

Deuteronômio 15:11 

Embora a desigualdade social, a pobreza e o sofrimento sejam assuntos delicados e complicados de se tratar e servem de acusações para que ateus, agnósticos e não cristãos coloquem em dúvida a existência (pelo menos na forma como o cristianismo apresenta) de Deus, é inegável que também é uma oportunidade dos cristãos demonstrarem o caráter de seguidores de Jesus e o amor de Deus. Perceba que o versículo diz que Deus ordena o auxílio aos que precisam e mais adiante, no Novo testamento, Jesus deixa claro que o amor ao próximo é um mandamento (Mateus 22:39). Ou seja, a partir do momento que me declaro cristão, a demonstração do amor deve fazer parte da minha vida e consequentemente, do meu testemunho como filho de Deus.

Artigos Relacionados

Dons de poder. domingo
A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;...
Ensinando o caminho!
Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança....
Aquele que se coloca na brecha! (intercessão), sábado
E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes. Lucas 23:34  Essa é uma das...
Assistindo aos desassistidos (Assistência Social)
19 Quando no teu campo colheres a tua colheita, e esqueceres um molho no campo, não tornarás a tomá-lo; para o estrangeiro, para o órfão, e...