E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera.    

Gênesis 2:3 

O ciclo da criação foi completo no sexto dia e Deus descansou no sétimo dia, provendo o homem de um modelo para o ciclo de trabalho e descanso. O sétimo dia é o primeiro elemento na Torá ao qual Deus outorga Sua santidade e o separa para Si mesmo. Este ato convoca a humanidade a imitar o padrão do Rei, e assim confessar o senhorio de Deus e sua consagração a Ele. Este sinal da aliança com Deus: “Certamente, guardareis os meus sábados: pois é sinal entre mim e vós, nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o Senhor, que vos santifica” (Êxodo 31:13) e tipo de Cristo, (Colossenses 2:16 17), promete descanso divino agora e eternamente, “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28).

Artigos Relacionados

As obras de Deus II
  Louvem ao SENHOR pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens.     Salmos 107:8    Pois fartou a alma...
Sábado sagrado
NOSSA DECLARAÇÃO: “Cremos que o sábado sagrado da Bíblia, o sétimo dia da semana, é tempo sagrado, um dom de Deus para todas as pessoas,...
Jesus e as mulheres, sexta-feira
  E não convinha soltar desta prisão, no dia de sábado, esta filha de Abraão, a qual há dezoito anos Satanás tinha presa?     Lucas...
Jesus e o sábado
Texto de Estudo   E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler...