E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;    

Mateus 21:12

  E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.    

Mateus 21:13 
 Você já imaginou Jesus vindo em oculto em nossa época? O que Ele reprovaria em nossa conduta? Quanta correria não causaria a algumas denominações e quiçá a nossa também. Pois foi isso que o Senhor fez. Apareceu de surpresa no templo e encontrou negociadores vendendo animais, objetos de sacrifício. E mais, encontrou pecadores comprando tais objetos. E eram pessoas que conhecia as leis, que sabiam que suas atitudes estavam erradas. E tudo com a cumplicidade das autoridades do templo. Fico imaginando a irritação de Jesus naquele momento. A Palavra de Deus nos convida todos os dias a cuidarmos, com muita diligência, do louvor, da adoração a Ele devida. Santifica-nos, Senhor, pelo Teu Espírito.

Artigos Relacionados

A inerrância bíblica, quinta-feira
  Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.    ...
A inerrância bíblica, quarta-feira
  As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.     Salmos 12:6  A Bí...
A inspiração da Palavra II, quinta-feira
   HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, A...
A revelação da Palavra, sexta-feira
  AMADOS, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; Para que vos lembreis das...