Neemias 7:1-4:

1 SUCEDEU que, depois que o muro foi edificado, eu levantei as portas; e foram estabelecidos os porteiros, os cantores e os levitas. 2 Eu nomeei a Hanani, meu irmão, e a Hananias, líder da fortaleza, em Jerusalém; porque ele era homem fiel e temente a Deus, mais do que muitos. 3 E disse-lhes: Não se abram as portas de Jerusalém até que o sol aqueça, e enquanto os que assistirem ali permanecerem, fechem as portas, e vós trancai-as; e ponham-se guardas dos moradores de Jerusalém, cada um na sua guarda, e cada um diante da sua casa. 4 E era a cidade larga de espaço, e grande, porém pouco povo havia dentro dela; e ainda as casas não estavam edificadas.

A passagem de hoje relata um ato administrativo de Neemias visando a fortalecer a cidade de Jerusalém, que, na oportunidade da chegada dele, estava em ruínas. Em todo este livro, nota-se que, diversas vezes, Neemias agia após orar e que assim ele conseguiu cumprir vários objetivos. Na situação de nosso texto, o líder do povo procurou colocar pessoas certas no lugar certo - pessoas valorosas e tementes a Deus - e depois tomou medidas firmes, ordenando que elas cuidassem das portas, protegessem os muros e vigiassem as suas casas. Se a nossa comunidade precisar de nós para se organizar, ela sairá fortalecida?

 

 

Artigos Relacionados

Jesus, o deus humano, quinta-feira
  Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João.     João 1:6  O texto de João 1:6 refere-se a João Batista. Aquele de quem os...
Terceira opressão, sábado
  Então lhe disse Baraque: Se fores comigo, irei; porém, se não fores comigo, não irei.     Juízes 4:8    E disse ela:...
O semeador, terça-feira
  Bem-aventurado o homem que continuamente teme; mas o que endurece o seu coração cairá no mal.     Provérbios 28:14  Algum tempo...
Jesus e as mulheres, quinta-feira
  36 E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa. 37 E eis que uma mulher da cidade, uma...