PORTANTO, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo.    

Romanos 2:1

Temos muita facilidade em julgar as pessoas. Há vários vídeos na internet mostrando como o julgamento destrói uma vida. É muito mais fácil para nós observarmos o comportamento das outras pessoas do que o nosso. Temos dificuldade de enxergarmos a nós mesmos. O versículo de hoje nos ensina que julgamos as pessoas naquilo que nós mesmos fazemos. Nós como filhos de Deus precisamos todos os dias pedir ao Espírito Santo que nos mostre quem realmente nós somos. Pergunte às pessoas que convive com você como você tem se comportado recentemente. Nós fazemos muitas coisas no piloto automático, sem ter consciência das nossas ações. Temos uma vida muito agitada com muitas tarefas e não paramos para avaliar o que estamos fazendo conosco e com aqueles que nos rodeiam. Que quando tivermos a vontade de julgarmos alguém, possamos olhar para nós mesmos e verificarmos será que eu não estou fazendo a mesma coisa e não estou percebendo?

Artigos Relacionados

A natureza do pecado
  Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado...
Comprometimento com a sociedade
  Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus...
Comprometimento com a sociedade, sábado
  ALEGREI-ME quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR.     Salmos 122:1  O Salmo 122 fala da alegria do salmista ao se dirigir a...
Comprometimento com a sociedade, sexta-feira
    Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com...