MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.    

João 2:1

 No tempo da igreja primitiva, muitos falsos profetas apareciam para negar o ensino dos apóstolos. Mas aqueles homens que conviveram de perto com Jesus e que aprenderam d’Ele é que de fato tinham autoridade para falar de Cristo. Ainda hoje, muitos suscitam dúvidas quanto à autenticidade da Bíblia e inventam muitas outras histórias sobre Jesus, negando que Ele era de fato o Filho de Deus encarnado. Dizem ser Ele um homem “evoluído”, um homem conhecedor das ciências ocultas ou qualquer outra coisa que desfaça da verdade de que Ele tinha tanto uma natureza humana quanto divina. É difícil de entender? É! Mas se pudéssemos explicar Deus, certamente Ele não seria Deus, seria menor do que o homem. O que precisamos saber é que o nosso Deus é diferente de qualquer outra concepção de divindade, pois Ele foi capaz de deixar a Sua glória para morrer em nosso lugar, com o fim de nos levar para perto d’Ele.

 

Artigos Relacionados

"kenosis" - O Esvaziamento do Deus-Filho
  5 De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, 6 Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser...
"kenosis" - O Esvaziamento do Deus-Filho, quarta-feira
  Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem...
"kenosis" - O Esvaziamento do Deus-Filho, sábado
  Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecê...
"kenosis" - O Esvaziamento do Deus-Filho, sexta-feira
  Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.     João 6:38  Quando Jesus fez o...